Carnaval sem fim – As lições que ele traz para a sua empresa

4 PRÁTICAS DO CARNAVAL QUE VÃO GARANTIR NOTA 10 COM OS SEUS COLABORADORES

 

Quem falou que o Carnaval é só festa e diversão? Também é, vai!? Mas não é apenas isso!

As escolas de samba, personagens principais da maior festa popular brasileira, têm muito a ensinar para as empresas e organizações, principalmente nos quesitos liderança, motivação, engajamento, trabalho em equipe, harmonia e evolução. 

Os desfiles das escolas de samba, principalmente nas noites especiais do Rio de Janeiro e de São Paulo, transformaram-se em espetáculos únicos que enchem os olhos de turistas, espectadores e telespectadores.

E todos os anos, assim que chega a Quarta-feira de Cinzas, as escolas de samba começam a se reinventar para fazer um espetáculo diferente, ainda melhor, maior e surpreendente, no ano seguinte.

A magia dos paetês, o orgulho dos passistas, a emoção das baterias, o uníssono de vozes cantando o samba-enredo carregam lições valiosas para a gestão de pessoas.
Nos desfiles, cada escola de samba leva de duas a quatro mil pessoas para a avenida. São os passistas. Eles carregam alegorias pesadas que não custaram nada barato e muitas vezes foram pagas pelo próprio bolso, sabem o samba-enredo de cor, salteado e de trás pra frente, participaram de meses de ensaios e preparação física, arrancam fôlego nem sei de onde para aguentar mais de uma hora de desfile sambando e cantando a plenos pulmões e, acreditem, fazem tudo isso de forma voluntária – gratuitamente.

Quais são os sentimentos que tanto motivam essas pessoas?

É orgulho e paixão. Elas são apaixonadas pelas escolas de samba, pelas comunidades em que residem e que são representadas por cada agremiação, pelas crenças que compartilham, pelos propósitos que defendem. E têm orgulho de reafirmar tudo isso, todos os anos, para quem quiser ver, na festa criada pela liberdade, onde tudo se pode fazer, o carnaval.

E todos nós, que trabalhamos com gestão de pessoas – como líderes de equipe, nos setores de recursos humanos de pequenas, médias ou grandes empresas, e até nas multinacionais, precisamos fazer parte desse cordão se quisermos conquistar colaboradores tão apaixonados pela nossa marca quanto são os passistas pelos estandartes de suas agremiações.

 

4 PRÁTICAS DO CARNAVAL QUE VÃO GARANTIR NOTA 10 COM OS SEUS COLABORADORES

 

 

  1. SAMBA-ENREDO:

NA ESCOLA DE SAMBA:

É ele que move todo o desfile carnavalesco, do planejamento até a dispersão. É escrito por sambistas, de acordo com tema definido pela escola-samba, e escolhido através de um concurso cultural. Para ser eficiente e envolvente, precisa contar uma história clara, com início, meio e fim. No desfile, essa história é representada na avenida pelos passistas através das alas, alegorias, coreografias e afins.

NA EMPRESA:

No universo corporativo há planejamentos estratégicos, metas, diretrizes, objetivos e culturas organizacionais. Para obterem resultados consistentes com os projetados, as empresas precisam de colaboradores que atuem alinhados, sintonizados e unidos pelos mesmos objetivos, sem esquecer a coerência das práticas diárias com a cultura e os valores organizacionais.

 

  1. EVOLUÇÃO

NA ESCOLA DE SAMBA:

A evolução é o quesito que dá a noção de unidade aos desfiles, e também é um dos quesitos que mais tira pontos das escolas de samba, que só obtêm NOTA 10 quando conquistam 100% de entrosamento entre suas alas e seus integrantes. Animação, organização, ritmo e movimentação dos passistas são criteriosamente avaliados pelos jurados, que percebem qualquer buraco, atropelo, desmotivação e preguiça.

 

NA EMPRESA:

Empresas e organizações só crescem quando os seus setores, equipes e colaboradores se desenvolvem juntos, com união e em sintonia. Quando um fica para trás, criam-se gargalos que vão prejudicar o fluxo do trabalho, impactar o processo de produção, a prestação do serviço, a qualidade, o trabalho em equipe, a satisfação do consumidor e até o resultado financeiro no final do mês. O antídoto para combater algumas das principais causas do baixo desempenho – a desmotivação e falta de comprometimento – são lideranças perspicazes, inspiradoras e que conseguem, assim como o mestre de bateria, manter a cadência do samba sempre em harmonia. Falando em harmonia…

 

  1. HARMONIA, OU SIGA O LÍDER

NA ESCOLA DE SAMBA:

Na avenida, os passistas têm na ponta da língua todos os versos do samba-enredo; nos pés, o ritmo cadenciado do samba; e fazem tudo isso em harmonia com os intérpretes, responsáveis por puxar o samba-enredo nos microfones e reger todo o coro. O uníssono das vozes cantando o samba-enredo é o que que fará a história cantada ser entendida pelos jurados e pelos espectadores, esses últimos tendem, até, a cantar junto. Vozes desencontradas, fora de ritmo ou versos enganados comprometem todo o espetáculo.

 

NA EMPRESA:

As lideranças das empresas – desde a alta liderança até os gestores de equipes – são os responsáveis por conduzirem todos os colaboradores para um só objetivo. Para serem efetivos, precisam se comunicar de forma clara e objetiva. Assim, serão ouvidos e entendidos em alto e bom som, sem ruídos, e serão entoados por todos, da portaria à presidência, sem dúvidas ou interpretações incorretas. Eles podem, inclusive, criar um jingle com os objetivos da empresa, os valores da organização ou as metas da equipe para que esse conteúdo ‘grude’ que nem chiclete na mente dos colaboradores. Mas para conquistar a harmonia entre as equipes, os colaboradores e o engajamento desses com o propósito da empresa é fundamental que todas as lideranças falem a mesma língua, tenham um discurso coeso entre si, coerente com os propósitos da organização e com as ações que realizam diariamente, principalmente quando os assuntos em questão estiverem relacionados às normas, aos comportamentos e aos valores divulgados pela empresa.

 

  1. INOVAÇÃO

NA ESCOLA DE SAMBA:

As notas mal foram conhecidas, a festa da vitória ainda não terminou e a ressaca nem começou, mas uma coisa é certa: o desfile do ano seguinte já começou a ser planejado. Todos os anos, as escolas de samba têm a missão de se reinventar sob pena de ficarem para trás, perderem posição na elite, serem rebaixadas, decepcionarem seus foliões na avenida. É dessa necessidade, latente, que surge a inovação. Às vezes a inovação está presente em grandes carros alegóricos ou em novas tecnologias, mas na maioria dos casos ela está em pequenas mudanças que causam grandes resultados na avenida, impactam o público e impressionam os jurados. Temas ou abordagens polêmicas, materiais inusitados, coreografias inéditas ou recursos de estilo – como as hoje famosas paradinhas das baterias ou uso de duas baterias – foram ideias que exigiram pouco ou nenhum investimento financeiro, mas muita criatividade, segurança e comprometimento.

 

NA EMPRESA:

Como a inovação está presente na sua empresa, ela é restrita a um grupo/comitê ou está difundida no dia a dia de todos os seus colaboradores? A inovação surge da necessidade de sermos melhores naquilo que já fazemos hoje; da insatisfação de um cliente; de uma demanda inusitada; ou da pressão que a concorrência, o segmento ou o mercado impõe. Quer dar ainda mais vazão às novas ideias, estimular a melhoria contínua e o pensamento criativo, mais do que envolver todos os colaboradores com o conceito da inovação, inspire e estimule que eles pensem e ajam como donos do negócio. Responsabilidade e autonomia, quando acompanhadas do engajamento por um mesmo propósito, empolgam e colocam todos no mesmo ritmo, no cordão da inovação, acreditando e fazendo o possível e impossível para ver a empresa crescer.

Essas são apenas algumas dicas que a folia traz e que todas as empresas podem fazer ecoar entre suas equipes e setores.
Gostou? Ainda não acabou!
Que tal aproveitar que o Carnaval está chegando e surpreender a sua equipe caindo na folia, com samba no pé e muita estratégia em mente?

Confraternizações, happy hours, comunicados informativos e até gincanas sobre o tema vão engajar de forma alegre e divertida.
Esse é o momento ideal para que as suas lideranças comecem uma nova fase, de muita Harmonia e Evolução, com seus colaboradores.

Bom Carnaval para todos e até a próxima!